Chave Primária

Uma chave primária corresponde a um campo ou conjunto de campos que distingue cada registo de todos os outros registos, dado que cria um índice automático em que as referências de cada registo têm de ser sempre diferentes.

Com o fim de identificar e organizar os registos, as tabelas do Access devem de ter pelo menos um campo ao qual é atribuído uma propriedade especial: Chave primária. Esta propriedade deve ser usada internamente pelo Access, principalmente quando relacionam tabelas e, também, prevenir a repetição de inserções com o mesmo número ou conteúdo igual.

A chave primária também lhe permite relacionar duas tabelas, para que consiga evitar a duplicação de dados. Por ambos os motivos, é um item de informação muito importante. As propriedades de uma chave primária são as seguintes:

  • Não pode ter duplicação – o campo que for definido como chave primária não pode ser igual em dois registos diferentes;
  • Não pode ser nula – o campo que é chave primária tem que ter um valor inserido. Não pode ser nulo, num assumir valor zero;
  •  A primeira tabela – conjunto de dados – dum ficheiro tem de ter pelo menos uma chave primária atribuída a um campo para identificar inequivocamente os registos da tabela. A segunda e seguintes tabelas dum ficheiro podem ter, ou não, chaves primárias atribuídas.

Como exemplos de campos possíveis de ter o atributo de chave primária temos os números de bilhetes de identidade, números de contribuinte, códigos de produtos, quotas de livros, matrículas de carros, etc. Todos estes campos são únicos para cada caso, não havendo duas situações com o mesmo valor.

Atribuir chave primária a um campo

Para inserirmos a chave primária num campo temos de posicionar – na vista de estrutura de uma tabela – o cursor do rato no campo desejado e clicar no comando Chave primária existente no friso Estrutura, o qual irá aparecer na coluna de selecção antes do nome do campo na forma de desenho duma chave.

Se precisar de atribuir mais do que uma chave primária na mesma tabela em diferentes campos pretendidos, mantendo a tecla Ctrl premida e clicar no comando Chave primária.

Os tipos de chave primária

Existem três tipos de chaves primárias que podem ser definidas no Access:

Chaves primárias de numeração automática – um campo de numeração automática podem ser definida para introduzir automaticamente um número sequencial sempre que um registo é adicionado à tabela. A designação desse campo como chave primária de uma tabela é a forma mais simples de criar uma chave primária. Se não definir uma chave primária antes de guardar uma tabela recém-criada, o Access pergunta-lhe se quer que cria uma chave primária.

 Chaves primárias de campos simples – se tiver um campo que contenha valores exclusivos, como o número de código ou número de referência, pode designar esse campo chave primária. Assim, podemos especificar uma chave primária para um campo que já contenha dados, desde que esse campo não contenha valores duplicados ou nulos.

Chaves primárias de múltiplos números – em situações em que não possa garantir a exclusividade de nenhum campo simples, podem designar dois ou mais campos como chave primária. A situação mais comum em que isto acontece é na tabela utilizada para relacionar duas ou outras tabelas numa relação muitos-para-muitos.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: